sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Parque de Exposições: “preocupação do MP não é maior que do governo”, diz Seagri


Após o Ministério Público estadual recomendar à Secretaria Estadual de Agricultura (Seagri) uma série de intervenções no Parque de Exposições de Salvador, a pasta disse, em nota, que “a preocupação do Ministério Público não é maior que a do governo com relação a esse equipamento público, tanto que as intervenções sugeridas pelo MP já estão na pauta”.
Segundo o comunicado, em caráter emergencial, o muro derrubado pela chuva já foi reconstruído, rede de drenagem e sanitários recuperados, e rede de iluminação reparada. De acordo com a Seagri,um projeto amplo que viabilize a utilização do Parque de Exposições todos os dias do ano está sendo finalizado e será apresentado ao governador. Não foi divulgada uma previsão para a apresentação do projeto.
A preocupação do secretário Paulo Câmera é também no sentido de que o parque seja adaptado para abrigar instalações provisórias para a realização de eventos, enquanto durarem as obras de recuperação do Centro de Convenções da Bahia.
Por Redação Bocão News 
(Twitter: @bocaonews) | Fotos: Reprodução

Projeto Arte na Praça- 30 de Agosto de 2015- as 19hrs (Praça da Quadra 13) Petrolândia-PE

A Prefeitura de Petrolândia-PE, e a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, vem através do Departamento Municipal de Cultura, convidar Vossa Senhoria e família, para prestigiarem e abrilhantarem, as Apresentações Culturais do PROJETO ARTE NA PRAÇA, a se realizar dia 30 de Agosto de 2015 (Próximo Domingo), as 19h, na Praça da Quadra 13.
 Parceiros do Evento: Artistas de Petrolândia, Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Juventude, e Casa das Juventudes.

Fonte: Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer

Literatura de Cordel: Morte e Ressurreição

Somos sementes plantada
Na terra fértil e querida
Que o tempo faz germinar
E com cuidado é crescida
Do nascimento importante,
O amor é fertilizante,
Para florir qualquer vida

Quando plantamos sementes
Que só produzem o bem
Nos fortalece á mente
Porque o futuro que vem
È de amor tão profundo,
FotoQue em toda parte do mundo,
Não sofrerá mas ninguém

Que seja o objetivo
De toda essa nação
Plantar á paz e o amor,
Seja em qualquer coração
Brilhamos em qualquer praça,
Sem escolher cor nem raça,
Vamos ser sempre união

Na terra do nosso Deus
Não adianta rancor
FotoQuem planta á paz tem carinho
Seja o período que for
Quem semear alegria,
Irá colher todo dia,
Felicidade e amor.

E esse amor é preciso 
Pra se poder viver bem
Ajudar o inimigo
Pra ele viver também
Com essa ajuda presente
Quem sabe futuramente,
Não faça o mal á ninguém 

Nascemos para viver
Sentimos dificuldades
FotoLutamos para colher 
A paz e á liberdade
Mas por amor ao progresso,
Temos em prêmio o sucesso,
Que fez á nossa cidade.

Pequena mas atraente
Charmosa por natureza
Cheia de gente educada
Fartura em paz e nobreza
Nossa cidade era aquela,
Que o nosso povo fez dela,
Á campeã com certeza.

Acolheu com humildade
FotoQuem chegou pra visitar
Com grande simplicidade
Fez o turista gostar
Que ele ao ir embora,
Sentes saudades e chora,
Com vontade de voltar

É claro, é de Petrolândia
De quem eu estou falando
Cidade hospitaleira
Do povo pernambucano
Do interior do sertão,
Que fez o nosso povão,
FotoAcabar se apaixonando

Quando ainda criança
Uma cidade sofrida
Ás margens do Velho Chico
Já era exemplo de vida
Até naquele momento,
O seu progresso era lento,
Mas nunca fora vencida

Mas o tempo foi passando
E a gente nem percebeu
Uma cidade adulta
Que com carinho cresceu
FotoMas nunca imaginava,,
Que alguém já planejava,
Mudar o destino seu.

Com ás razões do progresso
E seu destino traçado
Petrolândia já sofria
Por temer que ao seu lado,
Teria futuramente, 
Decisões duras e ardentes,
Pelos homens projetados

E os sonhos construídos
Foram então cancelados
FotoAquele povo humilde 
Estavam ameaçados
Por não ter um novo abrigo,
Sofriam pelo castigo, 
Que alguém tinha marcado

Por causa de uma usina
Para gerar energia
Petrolândia era um Réu
Começando uma agonia
Numa data programada, 
Seria então condenada,
Para morrer qualquer dia.
Foto
Nada podiam fazer
Políticos ou habitantes
Que viam aqueles dias
Acabando á todo instante
Quem pode um dia sonhar,
Passava então á chorar,
Relembrando o que fez antes.

Era terrível saber
Muito difícil aceitar
Vê á terra onde moramos
De repente se acabar
Pedaços da natureza,
FotoTeriam fins com certeza,
Não dava pra suportar.

E os humildes moradores
Já iam se afastando
Abandonando os seus lares 
Os sonhos iam deixando
O que haviam construído,
Tinha que ser destruído,
Muitos ficavam chorando

Escombros, troncos de árvores
Todos jogados ao chão
Doía dentro do peito
FotoCortava o coração
Ás senas daquele dia,
Que muitos não resistiam,
Chorando de emoção.

Aquela pequena praça
Que pra mim era um abrigo
Onde sempre eu passava
E encontrava os amigos
Quando á vi daquele jeito, 
Todo um sonho desfeito,
Para mim foi um castigo.

Finalmente tudo aquilo
Que há anos foi construído
FotoDemorou tão pouco tempo
Pra que fosse destruído
Eu via tudo e chorava,
E pra casa eu retornava,
Com o coração partido.

Cumpria assim á sentença 
Que á ela foi destinada
Petrolândia, pelo homens
Seria executada
Se aproximava o dia,
Petrolândia morreria,
Pelas águas afogada!
Foto
E como estava marcado
Tudo aquilo aconteceu
Ás águas se espalhavam 
O grande lago encheu
Destroços amontoados,
Eram aos poucos ilhados,
E tudo enfim, se perdeu.

Apenas ficou de pé
Tentado assim resistir
Á Igreja São Francisco
Que teimava em não cair
Mas com á força do rio,
Cansada não resistiu,
FotoE tudo acabava ali.

Deu seu último suspiro
Depois então se rendeu
E com á força das águas
Ela desapareceu
Se dava assim por vencida,
Numa triste despedida,
Aquela Igreja morreu!

Deixando dor e saudades
A toda população
Tristezas e sentimentos
Lembranças e emoção
FotoFicaram como herança,
Apenas á esperança,
Pra toda população.

Mas com raízes tão fortes
Daquela humanidade
Restava a esperança
De outra vez liberdade
E lutando novamente,
Plantaram outra semente,
Pra nascer nova cidade.

E á semente plantada
Logo depois germinou
FotoCresceu e depois floriu
Outra cidade gerou
Petrolândia, que emoção,
Teria á RESSURREIÇÃO,
E Deus o abençoou!.

E aquela  antiga Cidade
Que o povo jamais esquece
Á antiga Petrolândia
Que nunca mais aparece
Rezamos pra que o progresso,
Seja também de sucesso,
Porque o povo merece.

Aquela paixão antiga
FotoPra sempre será lembrada
Ás coisas boas de antes
No peito serão guardadas
Tomara que o progresso, 
Preserve a força e o sucesso
Da Petrolândia passada..

Á sua ressurreição
Fez o povo mais contente
Pois em cada coração
O amor está presente
Choramos mas aprendemos
Que aquilo que nós perdemos,
Conquistamos novamente.

Mas sei que será eterna
A dor aqui no meu peito
Pois não há modernidade
Que apague o que já foi feito
Ás coisas boas passadas,
Comigo ficam gravadas,
Pra esquecer não tem Jeito.

Que sejam também eternas
Á paz e a união
Que tenham felicidades
À nossa população
Que continue á nobreza,
Porque á maior riqueza,
É ter paz no coração,

Observação:
Este cordel foi criado no dia 05 de julho de 2000, á exatamente 15 anos atrás.

Fotos Velha Petrolândia: Facebook
Outras Fotos: Acervo Tony Xavier
Petrolândia em Foco



















Com alto número de casos, Petrolina faz ações para prevenir Hanseníase




No primeiro semestre de 2015, o município de Petrolina, no Sertão pernambucano, notificou 170 novos casos de hanseníase, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. A doença é infectocontagiosa que afeta tanto a pele quanto o sistema nervoso do paciente e pode ser transmitida através do contato direto com pessoas infectadas. Para tentar prevenir a situação e informar sobre a doença, estão sendo realizadas ações em locais da cidade.
Fila formou-se logo nas primeiras horas (Foto: Amanda Franco/ G1)Nesta sexta-feira (28) as equipes do Programa de Hanseníase no município estiveram na Praça do Bambuzinho, no centro da cidade. Maria Raimunda, de 76 anos, foi levar o sobrinho para averiguar uma manchinha que ele tem no pescoço. Ela aproveitou a oportunidade e também quis passar pelos exames. “Eu nunca tinha procurado este tipo de serviço, mas estou gostando demais. Isso é muito importante”, destacou a idosa. Neste sábado, uma ação semelhante será realizada pela manhã na AME do bairro Antônio Cassimiro e deve atender a população dos bairros vizinhos.

Antônio Irmerino, de 71 anos, também estava esperando para ser atendido pelos outros serviços disponibilizados na ação. “Vim fazer o teste de glicemia para saber se tenho diabete. Sempre faço o controle. Moro no Quati I, fiquei sabendo e vim”, disse.

Quartas da Copa do Brasil podem ter clássicos; sorteio é na segunda-feira


Sorteio copa do brasil 2015 (Foto: Rafael Ribeiro / CBF)Os confrontos das quartas de final da Copa do Brasil serão sorteados na próxima segunda-feira, às 12h30 (de Brasília), no auditório da sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio. A próxima fase pode reservar novos clássicos regionais no torneio, como Fluminense x Vasco, Gre-Nal e duelos paulistas. As oitavas tiveram dois clássicos conhecidos: o Vasco pegou o Flamengo e o Santos encarou o Corinthians. As partidas da próxima estão marcadas para os dias 23 (ida) e 30 (volta) de setembro.

Jogador foi pivô do fim do noivado de Gusttavo Lima, diz colunista


No início desta semana, o cantor Gusttavo Lima anunciou através da sua assessoria de imprensa, o fim do noivado com a modelo Andressa Suita. De acordo com a nota, a separação teve como principal motivo a vida corrida de ambos. "A distância  pesou e nos levou à separação, mas sempre guardarei as melhores lembranças e desejo tudo de melhor na vida dela, porque é isso que ela merece!!!'", diz um trecho com palavras do próprio cantor.
 
Porém, segundo a colunista Fabíola Reipert, do portal R7, o motivo foi outro, completamente diferente. A blogueira afirma que o pivô do fim do relacionamento do sertanejo, teria sido o jogador do Flamengo, Emerson Sheik. Ainda de acordo com a publicação, o atacante era assunto de brigas constantes do casal, desde que citou o nome de Andressa, atrapalhadamente, quando falava dos seus relacionamentos em uma entrevista.

Por Redação Bocão News 
(@bocaonews) | Fotos: Reprodução

Natal: Carro usado em atentado contra agentes penitenciários é encontrado no Planalto

Policiais militares do 9º Batalhão encontram, na manhã desta sexta-feira (28), um veículo que foi usado por criminosos em atentados contra agentes penitenciários, em Parnamirim. O carro, um Honda City, de placas de Cabedelo-PB, estava na Cafarnau, no bairro Planalto, zona Oeste de Natal.
Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, o veículo estava com pichações que fazem referência a facção criminosa Sindicato do RN. Os policiais militares conseguiram chegar até o carro após uma denúncia anônima.
No local onde o veículo foi achado, a polícia não conseguiu colher informações sobre quem tinha deixado ele lá. Além da pichação, o veículo também apresentava perfurações de tiro.

Via Blog Jair Sampaio

Jornal El País denuncia sessão de tortura de PM contra idoso em Salvador

Um dos princiais periódicos do mundo, o jornal espanhol El País, publicou uma matéria em que narra uma sessão de tortura praticada por policiais militares contra um idoso de 62 anos, que teve a casa arrombada foi confundido com um narcotraficante, em Dias D'Ávila, na Região Metropolitana de Salvador.
 
Em uma longa narrativa detalhada, o El País descreve as agressões, incluindo feridas nos punhos, nos ombros, na mandíbula, nos joelhos, e até uma perfuração sangrante na região do ânus, provocada, segundo o relato, por um cabo de vassoura.
 
As descrições foram levadas a juízo e endossaram a decisão do juiz militar Paulo Roberto Santos, que decretou prisão preventiva dos policiais sob a acusação de crimes de ameaças, roubo com violência e extorsão. "Os indícios suficientes de autoria emergem com clareza solar", escreveu o magistrado.
 
A publicação do El País cita ainda as 12 mortes na Vila Moisés, no Cabula, após operação da Rondesp no começo do ano e diz que a ação dos militares "envergonha" a corporação.

Por Redação Bocão News 
(Twitter: @bocaonews) | Fotos: Divulgação

Bem que o Defim avisou...

Em fevereiro, numa reunião fechada na Fiesp, Delfim Netto, que enxerga longe, vaticinou: em outubro, todos aqueles industriais que o cercavam estariam pedindo a queda de Joaquim Levy, por não suportarem mais o peso do ajuste fiscal (leia mais aqui).
Setembro está chegando e a profecia de Delfim parece que começa a se materializar. Ontem, o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, foi para cima de Levy:
- Pelo visto, para o ministro, terminar o ano com fechamento negativo de 1,5 milhão de empregos a menos parece não ser um problema.
Há pouco menos de um mês, numa reunião do conselho da Fiesp, o próprio Delfim fez troça:
- Acho que errei aquela data…
A propósito, os governadores do Nordeste podem ouvir falar de muitos nomes – menos de um. Joaquim Levy. A orelha do ministro da Fazenda arde 24 horas por dia por causa de repasses federais que ele está retendo.
Um deles, os financiamentos que o Banco do Brasil faz para obras de infra-estrutura dos estados. Como o BB só pode emprestar com o aval do Tesouro Nacional – e este cofre Levy não abre para que a dívida pública não suba – os pedidos não são liberados.  
(Lauro Jardim - Veja)